quinta-feira, 14 de julho de 2011

Pétalas

Somos pétalas.
Somos finos, sutis, coloridos e desmanchamos facilmente.
A vida é a flor que nos mantêm presos, e presos á ela insistimos até o fim.
O fim é o vento, a gravidade, o inevitável.
O vento vem e carrega, sutilmente...
e de repente somos só mais uma pétala que se foi
Tantas outras se vão todos os dias
tantas outras nascem
Permanecemos, nós, pétalas
um tempo cultivando a flor
Algumas deixam delicioso aroma
outras são venenosas
Mas no fim
Os perfumes são iguais,
as cores são as mesmas
a pétala desfalece
e se vai.